O Triunfo da Cor - O Pós Impressionismo

2016 Exposições

A exposição apresenta aspectos específicos da produção artística pós-impressionista, realizada do final do século XIX ao início Cubismo, que estabeleceu as relações de continuidade e ruptura com o Impressionismo – movimento que a antecedeu e do qual partiram muitos dos artistas –, retratando as características deste período.Destacam-se entre os artistas: Van Gogh, Gaugin, Cézanne, Monet, Matisse, Renoir.

A mostra, uma realização do Musée d’Orsay, está organizada em 4 módulos e apresenta 74 trabalhos, de mais de 30 artistas, provenientes dos museus d’Orsay e l’Orangerie. A curadoria da exposição é de Pablo Jimenez Burillo, diretor de Cultura da Fundación MAPFRE, e Guy Cogeval, presidente do Musée d’Orsay. A curadoria científica é de Isabelle Cahn, curadora do Musée d’Orsay.

Esta é a segunda mostra que o Musée d’Orsay realiza no Brasil, precedida pela exposição “Impressionismo: Paris e a modernidade – Obras-primas do Musée d’Orsay”, também executada pela Expomus. A exposição recebeu um público de mais de 880.000 visitantes (São Paulo + Rio de Janeiro), representando um marco na formação de público e uma oportunidade única de contato com obras emblemáticas do patrimônio mundial.

A exposição, que ficou 137 dias em cartaz e atraiu um publico de 922 mil pessoas, contou com 75 obras de 32 artistas que, apartir do fim do séc. XIX, buscaram novos caminhos para a pintura, dando inicio a uma revolução estética nas artes, por meio do uso da cor.

posimpressionismoexposicoesvangoghcezannemonetmatisserenoir

O Triunfo da Cor - O Pós Impressionismo: Obras-primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie - CCBB / 2016